segunda-feira, maio 09, 2005

há uma musica do povo


(fernando pessoa)

Há uma musica do Povo
Nem sei dizer se é um Fado
Que ouvindo-a há um ritmo novo
No ser que tenho guardado…
Ouvindo-a sou quem seria
Se desejar fosse ser…
É uma simples melodia
Das que se aprendem a viver…
Mas é tão consoladora
A vaga e triste canção…
Que a minha alma já não chora
Nem eu tenho coração…
Sou uma emoção estrangeira,
Um erro de sonho ido…
Canto de qualquer maneira
E acabo com um sentido!


fernando pessoa

17 Comments:

Anonymous Charlotte said...

O grande Fernando Pessoa, o grande mestre, poeta e filosofo, a nossa marca do mais belo que existe na literatura portuguesa; mt bem escolhido! Qt à fotografia excelente, só é pena estar próxima do meu ex local de trabalho, mas é só um a parte;)
Bacio grande* Aparece:)

11:39 da tarde  
Anonymous Simone said...

A multiplicidade de Pesso dilatando-se num fado bendito...
Mee beijo meu amigo.

5:44 da tarde  
Anonymous Mallu said...

Onde estás meu amigo que tuas letras me fazem falta.
Nem no sol da primavera, nem no fado ou na poesia...só falta mesmo te encontrar em Berlin...rsss.
Beijos

3:46 da manhã  
Anonymous Maria do Céu said...

Tem um lindissimo blog, que me parece de um Português genuino e que sente saudades do seu jardim à beira mar plantado. Bem Haja.

7:00 da tarde  
Anonymous Charlotte said...

Olha que a Malu tem razão!!
Beijos Mil*

6:31 da tarde  
Blogger Azul said...

Não sei bem como hei-de cumprimentá-lo, de tanto que este seu post me deixou sem palavras. Fernando Pessoa acompanhou-me ao longo da juventude, como um velho sábio, sentindo-o eu como sendo ele o único que me compreendia.
O seu blog é belíssimo. Já o tinha visitado algumas vezes, sem que o tivesse comentado. Mas, hoje, é-me por demais evidente que lhe diga simplesmente OBRIGADA.
Visite-me. Terei todo o gosto em o receber no meu espaço de escrita/reflexão chamado "Cem Truques, Nu Azul". Eu voltarei aqui, certamente. Um abraço, Azul.

8:07 da tarde  
Blogger Azul said...

olá Luís. Venho agradecer-lhe a visita que me fez, e mormente as palavras cehias de simpatia que me deixou. Fico contente de saber que gostou, e que achou o espaço, um espaço de bom gosto.
Também o seu é revela uma forma particualr de estar na vida, ou com ela, não sei bem. Devolvo-lhe mais uma vez o elogio.
Gostei particularmente que tenha captado a minha busca de felicidade. Fiquei sem palavras. Acho que até corei.
Um beijo grande para si. Volte sempre. Até breve. Azul.

8:19 da tarde  
Blogger Azul said...

Olá Luis uma vez mais. Deixo-lhe por hoje, mais um beijo pela visita regular que me tem feito. Fico feliz sempre que me visita. Os labirintos da vida podem ser tão belos quanto uma rosa. Basta que os saibamos ver dessa maneira. Já pensou o que seria da vida sem labirintos? Uma verdadeira pasmaceira. lol. Até breve. Azul.

11:27 da tarde  
Blogger A Cor do Mar said...

rui que é feito de ti nino???? espero que esteja tudo bem ;) Beijinho grd **************

12:36 da manhã  
Blogger Roberto Iza Valdes said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

3:12 da tarde  
Blogger Rah said...

o fado é mesmo melancólico.. mas é uma tristeza bela..
isso tem tudo a ver com o meu último post sobre "o dom da tristeza'..
É bonito que alguém transforme a tristeza em algo belo como a música.. enleva o coração.
beijos,Rah

9:23 da tarde  
Anonymous Anjonegro said...

Algo maravilhoso o seu blog.
A profundidade das letras de alguns fados adormecem nos melancolicos acordes na nossa linda guitarra.
Bem Haja e parabens pelo Blog.

3:32 da tarde  
Blogger aldina said...

Foi com muito agrado que ao visitar o seu blog ouvi o Camané cantar um das minhas letras, muito obrigada!

Aldina

www.aldinaduarte.com/blog

3:01 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Oi!Vejo que tem um bom blog sobre o fado... Eu tbm tenho um blog sobre fado, neste caso dedicado á Amália Rodrigues.Se quiser passar e ver, aqui tem o endereço: www.amaliaadamadofado.blogspot.com

Obrigada!

8:51 da tarde  
Blogger NorKa said...

muy hermosa tu pagina dedicada a dos expresiones muy hermosas el fado y la poesia, uno es expresión del otro. Felicitaciones

7:38 da tarde  
Blogger Regina said...

Adoro o teu blog, já há algum tempo que abro esta tua página e leio os teus textos. Hoje finalmente deixo um comentário para te dar os parabéns! Também tenho um blog de Fado e gostava imenso que o visitasses e me dissesses o que achas, pode ser?
Gostava de cá voltar, a este teu espaço, e ver posts mais recentes ;)

Saudações de Portugal

Regina
http://fadofortheworld.blogspot.com/

6:55 da tarde  
Anonymous popelina said...

Rui, bom dia. adorei, vou voltar com mais tempo e levar esta letra de que andava à procura. beijos.

12:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home