terça-feira, novembro 02, 2004

sem deus nem senhor

(josé mario branco)


A luz é tão cega
Que nunca se entrega
Só se deixa ver
Numa razão de ser
Sem sequer entender
Os olhos que a vão receber

E o rasto que fica
É uma coisa antiga
Que a gente tem pr'a dar
E só pode encontrar
Quando morrer a procurar

Salvo pelo amor
Só se pode ser salvo pelo amor
No sentido perdido ganhador
Não tem Deus nem Senhor
Esta dor
Anda à solta por aí
Que eu bem a vi
Ai, se eu pudesse parar
Se eu vos pudesse contar

Salvo pelo amor
Não existe derrota para a dor
Com o seu capital triturador
Não tem Deus nem Senhor
É simplesmente dor
Que é o que faz questão de ser
Sem entender
Que a vida toda surgiu
De um sol que nunca se viu

Nem sei se existe


José Mario Branco

2 Comments:

Blogger Maria Branco said...

O amor é a única coisa que nos pode salvar.. Senti-lo, vive-lo é dar sentido á vida! Belissimo, Obrigada.. Beijos

12:59 da manhã  
Blogger Aromas Do Mar said...

Passeio-me por este cantinho e sinto a nostalgia do fado, do nosso fado que tão bem canta o amor e a saudade!
Boa semana
Beijo da Mar Revolto

4:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home