lágrima



(amália rodrigues)

Cheia de penas me deito
E com mais penas me levanto
Já me ficou no meu peito
O jeito de te querer tanto

Tenho por meu desespero
Dentro de mim o castigo
Eu digo que não te quero
E de noite sonho contigo

Se considero que um dia hei-de morrer
No desespero que tenho de te não ver
Estendo o meu xaile no chão
E deixo-me adormecer

Se eu soubesse que morrendo
Tu me havias de chorar
Por uma lágrima tua
Que alegria me deixaria matar


amália rodrigues

Comentários

Anónimo disse…
Que saudades.... saudades da Amalia, saudades de qd me apaixonei pelo fado, saudades de qd o fado me preenchia... Obrigado pela recomendaçao deste teu "lar" q nao conhecia. Beijinho grd e bom domingo * Lina
Anónimo disse…
AMALIA RODRIGUES CANTA CADA DIA MEJOR,DESDE ARGENTINA LES MANDO UN ABRAZO!
VICTOR
posadasanbras@hotmail.com
http://groups.msn.com/POSADASANBRAS

Mensagens populares deste blogue

há uma musica do povo

Lume

Água louca da Ribeira